miilay

" Dai-me, Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida, para um novo avanço"Gabriela Mistral, poetisa

Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2011

A borboleta

 

 

 

 

 

E  cá estou eu, com as flores e a borboleta.

Ela voa ,sobe , esvoaça suavemente pelas flores, e a sua leveza faz-me pensar,  quantas vezes nós passámos pela vida de algumas pessoas, com suavidade, porque temos medo que o seu nervosismo, nos atinja e angustie, pois estão sempre frenéticas, e levam tudo à frente. Mas quando assim é, eu suavemente, também me afasto,para que ela possa esbracejar, mas não me atingir.

Que as pessoas que nos rodeiam passem pela nossa vida, suavemente,carinhosamente, e nos deixem a sua marca positiva.

 

 

 

 

 

 

 

publicado por miilay às 15:39
sinto-me:
tags:

6 comentários:

Também acho
palavras curtas a 28 de Dezembro de 2011 às 16:26
Mas, tem mesmo que ser, senão damos em malucas!
beijinho
miilay
miilay a 2 de Janeiro de 2012 às 10:29
Uma postura assertiva essa tua, quando vês agitação à tua volta, nada como deixar que as tempestades passem e calmammente apreciar o voo das borboletas e o ondular das flores empurrdas suavemente pela brisa das manhãs.

Beijos
Manu
Existe um Olhar a 29 de Dezembro de 2011 às 08:33
Manu, tem mesmo que ser, nós gostamos mais da Natureza e de ambientes serenos.
Somos pela Paz!
Beijinho
miilay
miilay a 2 de Janeiro de 2012 às 10:31
Agora fiquei a pensar nas borboletas...

Belas, soltas, independentes, livres, irrequietas e sempre prontas a levantar voo e a esfumar-se como por magia. Umas vezes voltam à mesma flor, outros rodopiam para um jardim próximo e o nosso olhar fica preso e encantado pelo bailado colorido e elegante do recorte das suas vestes.

Mas quereria eu ser borboleta?
Acredito que não!

Quero ter asas imaginárias, beleza interior e poisar num ombro que me acolha quando é hora de recolher ao meu jardim privado.

Oups
Que aconteceu? Seria o cheiro forte dos teus cravos que me deu volta ao "miolo"?

Tens razão: que as borboletas que connosco se cruzam, batam as asas com suavidade para não provocar nenhuma tempestade desnecessária

Beijinho e para ti e família Miilay. Uma excelente passagem de ano.

Beijinho
DyDa/Flordeliz a 29 de Dezembro de 2011 às 15:57
Flor ,tu tens alma de borboleta, pelo menos na tua escrita, criativa, serena e é disso que gostamos, e brincalhona.Continua Amiga.
Beijoca
miilay
miilay a 2 de Janeiro de 2012 às 10:35

mais sobre mim

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
18
20
21
22
23
24
27
29
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • boa tarde, sabe dizer-me qual é o outro nome pelo ...
  • Olá miilay
  • parecem as bocas de cães pequeninos, dizíamos nós ...
  • ..e perfume intenso.
  • belas :)
  • Se é para mim recebo-a com muito carinho e amizade...
  • Verdade.Já tenho saudades da ria.Um destes dias......
  • E era bem gira.Olá Miilay feliz 2017.Faz tempo que...
  • Obrigada,Feliz Ano para si e cuidado com o frio,aí...
  • Manu, estou bem, e a fazer os possíveis para não f...

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro