miilay

" Dai-me, Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida, para um novo avanço"Gabriela Mistral, poetisa

Quarta-feira, 25 de Maio de 2011

ROSAS DO MEU JARDIM

 

 

 

 

 

 

 

Quadras Tradicionais

 

Quem disser que o verde é feio

Hei-de-lhe dizer que mente,

Não há cravo, não há rosa,

Aonde o verde não entre.

 

De encarnado veste a rosa,

De verde o manjericão,

De branco veste a açucena,

De luto o meu coração

 

Ó rosa não consintas

Que o cravo te ponha a mão,

Uma rosa enxovalhada

Já não tem aceitação.

 

Vou-lhe dar a despedida,

Como deu o Maio à flor;

Quem se despede cantando,

Não leva pena ,nem dor.

publicado por miilay às 23:43

Comentar:

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


mais sobre mim

Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
22
23
24
29

pesquisar

 

comentários recentes

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

subscrever feeds