miilay

" Dai-me, Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida, para um novo avanço"Gabriela Mistral, poetisa

Domingo, 19 de Setembro de 2010

OUTONAL

 

 

                                OUTONAL

 

Caem as folhas mortas sobre o lago!

Na penumbra outonal, não sei quem tece

As rendas do silêncio...Olha, anoitece!

_Brumas longínquas do País Vago...

 

Veludos a ondear ... Mistério mago...

Encantamento... A hora que não esquece,

A luz que a pouco e pouco desfalece,

Que lança em mim a benção dum afago...

 

Outono dos crepúsculos doirados,

De  púrpuras, damascos e brocados!

_ Vestes a Terra inteira de esplendor!

 

Outono das tardinhas silenciosas,

Das magníficas noites voluptuosas

Em que soluço a delirar de amor...

 

Soneto - FLORBELA ESPANCA

 

FOTOS TIRADAS POR MIM

 

 

 

publicado por miilay às 22:18
sinto-me: MURCHITA
tags:

mais sobre mim

Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
15
16
17
18
20
22
23
24
25
26
28
29
30

pesquisar

 

comentários recentes

  • Gostei que tivesse passado , gostou? ou só viu est...
  • Obrigada! Rita eu já fui apaixonada por este blog,...
  • Obrigada! Foi uma forma de me trazer até aqui, ao ...
  • Muito interessante!
  • Gostei muito do seu blog obrigado
  • O telhado da casa não tem nada a ver.
  • boa tarde, sabe dizer-me qual é o outro nome pelo ...
  • Olá miilay
  • parecem as bocas de cães pequeninos, dizíamos nós ...
  • ..e perfume intenso.

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro