miilay

" Dai-me, Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida, para um novo avanço"Gabriela Mistral, poetisa

Domingo, 17 de Março de 2013

Mar

Mar, metade da minha alma é feita de maresia

Pois é pela mesma inquietação e nostalgia,

Que há no vasto clamor da maré cheia,

Que nunca nenhum bem me satisfez.

E é porque as tuas ondas desfeitas pela areia

Mais fortes se levantam outra vez,

Que após cada queda caminho para a vida,

Por uma nova ilusão entontecida.


E se vou dizendo aos astros o meu mal

É porque também tu revoltado e teatral

Fazes soar a tua dor pelas alturas.

E se antes de tudo odeio e fujo

O que é impuro, profano e sujo,

É só porque as tuas ondas são puras.



Sophia de Mello Breyner Andresen




Amigos, vai mais um poema ... se vou a escrever o que me vai no coração ,vai sair muita tristeza e não vos quero entristecer, cada um tem a sua cruz! 
publicado por miilay às 16:12
tags:

mais sobre mim

Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
16
19
22
23
25
26
28
31

pesquisar

 

comentários recentes

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

subscrever feeds