miilay

" Dai-me, Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida, para um novo avanço"Gabriela Mistral, poetisa

Quarta-feira, 14 de Setembro de 2011

A lua

 

 

 

 

 

 

 

 DA INFLUÊNCIA DA LUA

 

Outono. O Sol,qual brigue em chamas, morre

Nos longes de água...Ó tardes de novena!

Tardes de sonho em que a poesia escorre

E os bardos, a cismar, molham a pena!

 

Ao longe, os rios de águas prateadas,

Por entre os verdes canaviais, esguios,

São como estradas líquidas, e as estradas,

Ao luar, parecem verdadeiros rios!

 

Os choupos nus, tremendo, arripiadinhos

O xale pedem a quem vai passando...

E nos seus leitos nupciais, os ninhos,

As lavandiscas noivas piando, piando!

 

O orvalho cai do céu, como um unguento.

Abrem as bocas, aparando-os os goivos;

E a laranjeira, aos repelões do Vento,

Deixa cair por terra a flor dos noivos.

 

 

 ANTÓNIO NOBRE-LIVRO-SÓ

publicado por miilay às 00:53
sinto-me: Cansada, com sono
tags:

mais sobre mim

Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
17

pesquisar

 

comentários recentes

  • boa tarde, sabe dizer-me qual é o outro nome pelo ...
  • Olá miilay
  • parecem as bocas de cães pequeninos, dizíamos nós ...
  • ..e perfume intenso.
  • belas :)
  • Se é para mim recebo-a com muito carinho e amizade...
  • Verdade.Já tenho saudades da ria.Um destes dias......
  • E era bem gira.Olá Miilay feliz 2017.Faz tempo que...
  • Obrigada,Feliz Ano para si e cuidado com o frio,aí...
  • Manu, estou bem, e a fazer os possíveis para não f...

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

subscrever feeds