miilay

" Dai-me, Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida, para um novo avanço"Gabriela Mistral, poetisa

Domingo, 10 de Março de 2013

Tulipas, do meu jardim!

 

 

 

 

Quando Vier a Primavera

Quando vier a Primavera, 
Se eu já estiver morto, 
As flores florirão da mesma maneira 
E as árvores não serão menos verdes que na Primavera passada. 
A realidade não precisa de mim. 

Sinto uma alegria enorme 
Ao pensar que a minha morte não tem importância nenhuma 

Se soubesse que amanhã morria 
E a Primavera era depois de amanhã, 
Morreria contente, porque ela era depois de amanhã. 
Se esse é o seu tempo, quando havia ela de vir senão no seu tempo? 
Gosto que tudo seja real e que tudo esteja certo; 
E gosto porque assim seria, mesmo que eu não gostasse. 
Por isso, se morrer agora, morro contente, 
Porque tudo é real e tudo está certo. 

Podem rezar latim sobre o meu caixão, se quiserem. 
Se quiserem, podem dançar e cantar à roda dele. 
Não tenho preferências para quando já não puder ter preferências. 
O que for, quando for, é que será o que é. 

(Poemas Inconjuntos, heterónimo de Fernando Pessoa)

Alberto Caeiro

 

publicado por miilay às 17:57
tags:

10 comentários:

Força amiga! Tenho estado um pouco ausente, mas passei por aqui e apercebi-me do que estás a viver... Tem coragem. Beijinhos e um grande abraço.
sonho_realidade a 10 de Março de 2013 às 18:27
Amiga, tem sido e é ainda muito difícil, Obrigada pelo carinho.
Um abraço
miilay
miilay a 11 de Março de 2013 às 23:02
Lindas as túlipas minha amiga e o poema enfim é Fernando Pessoa não podia ser mais bem escolhido. Um beijinho enorme para ti com carinho e amizade. Boa semana!
Fátima Soares a 10 de Março de 2013 às 19:07
Faty, Obrigada pela tua presença, neste momento de dor.
Um abraço
miilay
miilay a 11 de Março de 2013 às 23:04
É nestas alturas que fico com inveja de quem tem um bocadinho de terra onde plantar belezas como a que nos mostras... lindas essas tulipas.

Vou roubar o poema :-)

Boa semana
Jorge
Jorge Soares a 10 de Março de 2013 às 22:48
Jorge , realmente plantar e ver crescer as minhas flores é quase uma terapia.
Obrigada pela tua visita.
Um abraço
miilay
miilay a 11 de Março de 2013 às 23:07
Amiga, as túlipas são lindas. Temos que viver cada dia em pleno, aproveitando cada momento.
Um abraço
Rosinda
Rosinda a 11 de Março de 2013 às 20:40
Rosinda Amiga, vou tentando mas, não tem sido nada fácil.Vamos devagarinho para dar tempo da ferida começar a sarar.
Obrigada pelo carinho
Um abraço
miilay
miilay a 11 de Março de 2013 às 23:10
Adoro tulipas e estas estão lindas, tenho uma série delas já fotografadas , mas acho que ainda não coloquei nenhuma, mas eu tive de comprar um ramalhete delas, estas têm outro valor, vêm do teu jardim mágico

Beijos Miilay
Existe um Olhar a 11 de Março de 2013 às 21:39
Manu, obrigada mas as tuas devem estar muito melhor fotografadas!
agradeço o carinho
Um abraço
miilay
miilay a 11 de Março de 2013 às 23:12

mais sobre mim

Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
16
19
22
23
25
26
28
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • boa tarde, sabe dizer-me qual é o outro nome pelo ...
  • Olá miilay
  • parecem as bocas de cães pequeninos, dizíamos nós ...
  • ..e perfume intenso.
  • belas :)
  • Se é para mim recebo-a com muito carinho e amizade...
  • Verdade.Já tenho saudades da ria.Um destes dias......
  • E era bem gira.Olá Miilay feliz 2017.Faz tempo que...
  • Obrigada,Feliz Ano para si e cuidado com o frio,aí...
  • Manu, estou bem, e a fazer os possíveis para não f...

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro